July 17, 2008

O conceito de contas a pagar é em si mesmo muito simples. Contas a pagar significa o dinheiro que a empresa deve, em contas e obrigações. Do mesmo modo, contas a receber tem o significado inverso, ou seja, é o dinheiro que outros devem à empresa. Em contas a pagar estão incluídos dívidas contraídas com fornecedores de matérias primas e insumos, obrigações com o fisco e outras saídas previstas de dinheiro. Em contas a receber estão incluídos todos os valores que deverão ser recebidos pela empresa. Simplificando: Despesas e Receitas.

Apesar de ser um conceito extremamente simples, é de fundamental importância para o bom andamento de um negócio que despesas e receitas sejam estimadas, avaliadas, monitoradas e controladas para que o negócio seja lucrativo. Contas a pagar e contas a receber são, via de regra, discriminadas no chamado fluxo de caixa. O fluxo de caixa lista e registra os valores recebidos e gastos em uma empresa dentro de um período de tempo previamente estabelecido.

O Fluxo de caixa é, portanto, o retrato da saúde financeira de uma empresa e sua elaboração e acompanhamento cuidadosos revelam-se ferramentas essenciais para a tomada de decisões e o planejamento estratégico. No fluxo de caixa, podem ser percebidos e avaliados os custos fixos e os custos variáveis, e medidas para o controle mais eficaz de gastos e receitas podem ser tomadas.

Esse controle financeiro é absolutamente primordial para a empresa possa diagnosticar problemas, estabelecer metas e buscar soluções. Uma tesouraria eficiente exerce esse controle financeiro, gerenciando os recursos financeiros da empresa, estabelecendo regras para o uso racional dos recursos disponíveis e sugerindo formas de aumentar as receitas e diminuir as despesas, inclusive com o investimento de recursos financeiros do caixa ou com a captação de recursos no mercado para suprir déficits. Os processos de controle financeiro exercidos pela tesouraria devem ser transparentes e embasados em conhecimento técnico e atualizado.

$5700

Em resumo – a tesouraria deve ser capaz de gerenciar de forma eficaz contas a receber e contas a pagar, crédito cobrança, controles bancários, conciliação de caixa, controle de numerário, aplicações financeiras, empréstimos e financiamentos. Como área chave do gerenciamento empresarial e base da lucratividade das empresas, o controle financeiro precisa ser executado por profissionais especializados, treinados e competentes. Além disso, grande parte dos processos de controle financeiro de uma tesouraria tem hoje em dia o suporte de softwares específicos que facilitam a coleta, consolidação e análise de dados e informações financeiras de vários setores da empresa.
Desde os mais simples programas de planilhas de contas a pagar até sistemas integrados de controle financeiro, existem inúmeras opções para a informatização dos processos e tarefas de uma tesouraria. As soluções mais adequadas irão depender, obviamente, do porte da empresa, seu faturamento, tipo de negócio e outras particularidades que devam ser observadas. Diretores financeiros, controllers e tesoureiros estão aptos a escolher os programas mais adequados para a empresa, tendo em vista necessidades e tipo de demanda existente.
Para saber mais sobre contas a pagar e outros assuntos financeiros, consulte sempre nossa página.